6
nov
2012

Organização oferece tratamento para crianças com lábio leporino

Estigma, abandono, preconceito, dificuldade para falar e para comer. Esses são alguns dos problemas enfrentados por crianças que nascem com lábio leporino, fissura no lábio ou no palato, que expõe o septo nasal, ocasionada pelo não-fechamento dessas estruturas entre a quarta e a 12ª semana de gestação. No Brasil, mais de quatro mil crianças nascem todos os anos com lábio leporino, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde. A cura é possível por meio de uma cirurgia de cerca de 45 minutos, oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde.

Continue lendo

Tags: , , , ,
2.429 leitura(s) - [ leia mais ]
1
nov
2012

Regulamentação maior à publicidade infantil

Embora previsto de forma sistemática pela Constituição Federal, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e Código de Defesa do Consumidor, ainda não há legislação específica que regule a publicidade voltada especificamente para crianças. Há mais de dez anos tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei 5921, que tem essa inspiração.

Continue lendo

Tags: , , , ,
3.909 leitura(s) - [ leia mais ]
31
out
2012

Os efeitos da publicidade infantil

O Dia das Crianças já passou, mas o ato de presentear nossas crianças traz à tona uma questão importante, que é o apelo ao consumo voltado especificamente para o público infantil. O grande ponto de discussão é se as crianças estão preparadas para interpretar de forma crítica os apelos que lhe são dirigidos. De acordo com especialistas do Instituto Alana, as crianças acabam se expondo à publicidade de forma direta e isso pode gerar algumas consequências, já que elas ainda não sabem discernir o que é conteúdo ou propaganda.

Continue lendo

Tags: , , , ,
16.726 leitura(s) - [ leia mais ]
29
out
2012

Projetos na região Norte sensibilizam mais de 370 famílias

Mais de 370 famílias, 250 crianças e adolescentes, 120 jovens entre 18 e 24 anos e 33 professores foram sensibilizados diretamente para o enfrentamento contra a violência sexual na região norte do País.

Esses são os números relativos ao primeiro semestre de atividades de três projetos apoiados pela Childhood Brasil e Atlantica Hotels, selecionados entre 22 inscritos em edital aberto em 2011. O objetivo do edital é ampliar o número de ações de proteção de crianças e de adolescentes contra o abuso e a exploração sexual no Amazonas e no Pará, estados que concentram cinco hotéis administrados pela rede hoteleira – a maior administradora de hotéis de capital privado da América do Sul. Foram investidos, ao todo, R$ 210 mil nos projetos, implementados pela Associação para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável (Adeis) e o Instituto de Ação Social Vida e Saúde do Amazonas (Iasvisam), ambos de Manaus (AM), e o Movimento República de Emaús (MRE), de Belém (PA).

Continue lendo

Tags: , , , ,
2.460 leitura(s) - [ leia mais ]
23
out
2012

Estudantes de jornalismo participam de oficinas sobre a causa em Recife

Com o objetivo de trazer aos jovens estudantes de jornalismo a importância de olhar para os direitos da infância em suas coberturas, a Childhood Brasil e a ANDI – Comunicação e Direitos, entidade que busca contribuir para uma cultura de promoção dos direitos humanos a partir de ações no âmbito da comunicação, em parceria com a Universidade Católica de Recife (UNICAP), e apoio da Petrobras, promovem oficinas de jornalismo e seminário na 10ª Semana de Integração, que acontece a partir de hoje e vai até o dia 25 de outubro em Recife, Pernambuco.

Continue lendo

Tags: , , , , , , ,
2.149 leitura(s) - [ leia mais ]
22
out
2012

Conheça canais de atendimento para vítimas de violência sexual

Falar sobre a violência sexual é ao mesmo tempo uma necessidade e um tabu para a vítima. “A criança e o adolescente têm muita dificuldade de falar sobre o abuso sofrido”, diz Gorete Vasconcelos, coordenadora de Programas da Childhood Brasil. Segundo ela, na maioria das vezes, a criança procura uma pessoa em quem confia para falar sobre a violência sofrida.

No Brasil, além do Disque 100, canal de denúncia nacional, e das dicas de “como agir” disponibilizadas em nosso site, há alguns serviços telefônicos ou presenciais que trabalham no aconselhamento e atendimento às vítimas crianças e adolescentes. A seguir, seguem informações sobre alguns deles e se você souber de mais serviços e puder contribuir, mande para a equipe da Childhood Brasil.

Continue lendo

5.237 leitura(s) - [ leia mais ]
As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso.