18
out
2012

Exposição Tefaf Maastricht – Childhood Brasil


A Childhood Brasil e a TEFAF, renomada feira de arte e antiguidades de Maastricht, na Holanda, promovem exposição única com 74 obras de arte de 31 galerias internacionais. A mostra terá sugestão de doação de R$ 30,00 para a Childhood Brasil.

Confira a exposição!

Endereço: Casa Petra – Avenida Aratãs, 1010 (Moema)

Data: de 26 a 28 de outubro de 2012

Horários:
26 e 27/10 (12h às 20h)
28/10 (12h às 18h)

3.374 leitura(s) - [ leia mais ]
17
out
2012

Oficina promove reflexão sobre violência intrafamiliar

O projeto “Reunindo e articulando recursos em duas ‘comunidades pacificadas’ do Rio de Janeiro: uma ação em Educação, Direitos Humanos e Prevenção da Violência Intrafamiliar e de Gênero”, desenvolvido pelo Instituto Noos em parceria com a Casa da Arte de Educar e com apoio da Childhood Brasil tem como objetivo estruturar práticas educativas articuladas aos direitos humanos. Essas práticas, por sua vez, são desenvolvidas por meio da resolução de problemas cotidianos, em especial da violência sexual, e pelo apoio ao desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes, bem como o fortalecimento da rede local de garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

Continue lendo

Tags: , , , , , ,
17.429 leitura(s) - [ leia mais ]
15
out
2012

Portalzinho do CNJ traz informações sobre direitos para o público infantil

A partir de agora, a criançada tem uma nova ferramenta para aprender sobre seus direitos e conhecer melhor o sistema de acesso à justiça no Brasil. O Portalzinho CNJ, desenvolvido pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento dos Servidores do Poder Judiciário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e lançado recentemente em evento em Brasília (DF), tem como objetivo aproximar as crianças das noções jurídicas e melhorar o relacionamento da Justiça com a sociedade. O Portalzinho também traz material de apoio para educadores. Continue lendo

Tags: , , ,
2.372 leitura(s) - [ leia mais ]
11
out
2012

Childhood Brasil e CNJ formalizam parceria para escuta protegida de crianças e adolescentes

Rosana Camargo de Arruda Botelho, presidente do Conselho Deliberativo da Childhood Brasil e ministro Ayres Britto, presidente do CNJ

Assegurar o direito das crianças e dos adolescentes à justiça de forma protegida é o objetivo do termo de cooperação firmado entre a Childhood Brasil e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na última terça-feira (9/10) em Brasília (DF).

Continue lendo

Tags: , , , ,
2.041 leitura(s) - [ leia mais ]
11
out
2012

Iniciativas políticas em prol dos direitos da criança e do adolescente

Para comemorar o Dia das Crianças, a Childhood Brasil procurou discutir iniciativas positivas de implementação de políticas públicas para a infância. De acordo com os especialistas consultados, embora ainda incipientes na pauta eleitoral, algumas iniciativas apontam que o debate em relação aos direitos das crianças e dos adolescentes vem ganhando espaço. Alguns desses compromissos, inclusive, foram construídos coletivamente por organizações sociais e outros órgãos, como a Carta Compromisso em Defesa das Crianças e dos Adolescentes, lançada recentemente na Câmara dos Deputados, em Brasília, com o objetivo de garantir o compromisso ético e político dos candidatos em relação às prioridades para as crianças e os adolescentes.

Continue lendo

Tags: , , , , ,
2.064 leitura(s) - [ leia mais ]
10
out
2012

Políticas públicas para a infância devem fazer parte da agenda política

Eles não votaram nas últimas eleições, mas tiveram participação nas campanhas eleitorais. As crianças e os adolescentes, sempre beijados e abraçados pelos candidatos, no entanto, nem sempre fazem parte da pauta política. Para entender essa conjuntura e quais demandas as políticas públicas para as crianças e para os adolescentes devem atender, a Childhood Brasil traz na semana do Dia das Crianças uma discussão das diretrizes que podem nortear a implementação dos direitos da infância pelos governos municipais.

Continue lendo

Tags: , , , ,
4.271 leitura(s) - [ leia mais ]
As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso.