19
mar
2012

CPI do Tráfico de Pessoas investiga mais de 700 sites de aliciamento de adolescentes

Em apenas um ano, a Safernet, entidade especializada no enfrentamento aos crimes e violações aos direitos humanos na internet, registrou 707 sites de aliciamento e tráfico de pessoas, por meio de denúncias. O relatório (realizado de abril de 2010 a maio 2011) foi encaminhado para a CPI do Tráfico de Pessoas.  “A internet é uma grande vitrine para o recrutamento de meninos para a exploração sexual, uma ferramenta para escolher potenciais vítimas”, afirma Thiago Tavares Nunes, diretor presidente da Safernet. “Um dos maiores desafios é conseguir indicadores sobre o tráfico de pessoas gerado pela internet, que parece invisível, porque quase não há documentação sobre o número de rotas e o modo de operar das quadrilhas”.

Continue lendo

Tags: , , , , ,
2.495 leitura(s) - [ leia mais ]
16
mar
2012

Abuso online é tema do I Encontro Internacional de Tecnologias da Informação no Rio

Pornografia, abuso e exploração sexual pela internet serão alguns dos temas abordados no I Encontro Internacional sobre o Uso de Tecnologias da Informação por Crianças e Adolescentes/Jovens Adultos: E.S.S.E. MUNDO DIGITAL. O evento será realizado nos dias 19 e 20 de abril, em Botafogo, no Rio de Janeiro e contará com a presença de especialistas brasileiros e estrangeiros, entre eles, a coordenadora de Programas da Childhood Brasil, Anna Flora Werneck, na Mesa Segurança na Rede, às 14 horas, do dia 20.

O encontro é coordenado pela Telemedicina da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCM-UERJ), em parceria com o Centro de Estudos Integrados Infância, Adolescência e Saúde – CEIIAS e o Instituto Integral do Jovem – INJO. O público alvo são os profissionais das áreas de saúde, tecnologia da informação, comunicação, educação, sistema de garantias de direitos, pais e demais interessados que lidem com crianças ou adolescentes usuários das TIC (tecnologias da informação e comunicação).

Entre os principais assuntos abordados pelos palestrantes destacam-se: os abusos online; o papel da escola e da educação digital; cybercrimes e questões legais associadas ao uso da internet; direitos humanos e segurança na internet e; ética e valores na era digital.

Serviço:

I Encontro Internacional sobre o Uso de Tecnologias da Informação

19 e 20 de abril

Das 9h às 18h

Colégio Brasileiro de Cirurgiões

Rua Visconde de Silva, 52 – Botafogo

Rio de Janeiro

Tags: , , , , , ,
1.736 leitura(s) - [ leia mais ]
14
mar
2012

Telefone 123 Alô! ajuda adolescentes com problemas familiares

Solidão e falta de ter com quem conversar são hoje os principais problemas de crianças e adolescentes que ligam para o serviço 123! Alô.  Criado em 2009, o telefone gratuito 0800 0 123 123 recebe cerca de 300 ligações por mês, principalmente, de casos de violência em casa e na escola. O atendimento anônimo é realizado por assistentes sociais e psicólogas no Rio de Janeiro, mas pessoas de outros locais do país podem fazer a denúncia pelo chat do site ou por e-mail.

A procura maior é de adolescentes de 13 a 15 anos com muita dificuldade para expressar os seus sentimentos para familiares, professores ou colegas, porque não recebem a atenção daqueles que deveriam cuidar de sua educação. Eles reclamam muito de não terem ninguém que os escute.

Alguns casos são encaminhados para o atendimento psicoterápico próximo do local de residência. Quando se trata de abuso sexual, crianças e adolescentes são orientados a identificar-se para que a denúncia seja encaminhada para o Conselho Tutelar ou órgão competente do Sistema de Garantia de Direitos.

O Alô 123! incentiva que o jovem expresse suas emoções e dúvidas. O serviço foi adaptado no Brasil, seguindo o modelo do atendimento telefônico da rede Child Helpline Internacional, presente em mais de 150 países no mundo, fundada pela indiana Jeroo Billimoria. Quando trabalhava no Instituto de Ciências Sociais em Mumbai, ela recebia muitas chamadas de crianças de rua pedindo ajuda e mobilizada em responder a urgência destes telefonemas, a empreendedora social criou o serviço telefônico que atende 24 horas por dia, aliado a uma extensa rede de apoio e intervenção.

Tags: , , , , , , , ,
4.833 leitura(s) - [ leia mais ]
12
mar
2012

Unicef: crianças estão entre as maiores vítimas de tráfico pessoas

Cerca de 2,5 milhões de pessoas no mundo são vítimas de tráfico de seres humanos para trabalhos forçados e exploração sexual, gerando lucros em média de US$ 32 bilhões por ano, segundo dados do Relatório Situação Mundial da Infância 2012, do Unicef. É difícil determinar números exatos, por se tratar de atividades clandestinas, negadas ou ignoradas, mas sabe-se que cerca de até 50% destas vítimas são crianças.

Continue lendo

Tags: , , , , , ,
6.914 leitura(s) - [ leia mais ]
8
mar
2012

Semana da Mulher – Fortalecer a autoestima das meninas garante futuro sem violência

“Antes, quando a mulher era violentada, ficava calada, porque não sabia dos seus direitos e achava isso normal”, afirma Eliane Rodrigues, diretora de Enfrentamento à Violência de Gênero da Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco e Fundadora da Associação das Mulheres de Nazaré da Mata – Amunam, primeira ONG da Zona da Mata Norte de Pernambuco a lutar pelos direitos femininos. Na semana do Dia da Mulher, ela afirma que avanços ocorreram desde quando era menina e havia espaços proibidos para elas, mas há muito ainda a ser feito. Ela alerta que as crianças precisam ser educadas desde pequenas sobre seu valor e seus direitos, para formarem uma sociedade mais igualitária no futuro.

Continue lendo

Tags: , , , , , ,
2.651 leitura(s) - [ leia mais ]
7
mar
2012

Childhood Brasil investirá na formação de profissionais para a prática do depoimento especial

A partir de março deste ano, a Childhood Brasil promoverá cursos de formação em técnicas de entrevista forense para a coleta de depoimento especial de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência sexual, ministrados pelo Centro Nacional de Defesa da Infância dos Estados Unidos (NCAC), instituição especializada na proteção aos direitos da criança.

Numa primeira etapa, os cursos serão voltados para os técnicos da Justiça do Rio Grande do Sul, onde hoje estão localizadas a maior parte das salas de depoimento especial em funcionamento no país, e em Pernambuco, onde a prática também vem se consolidando com influência da Childhood. Mas profissionais de outras regiões e de outros segmentos que interagem com a criança, seja no momento da escuta do depoimento, seja no atendimento ou acompanhamento dos casos, como Conselheiros Tutelares e representantes do CREAS, Sistema de Saúde, Delegacias e Judiciário, também serão formados.

Continue lendo

Tags: , , , , , , , , , ,
2.181 leitura(s) - [ leia mais ]
As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso.