11
out
2011

Mostra em São Paulo traz filmes sobre abuso sexual infantojuvenil

Fonte da imagem: http://www.sxc.hu/photo/1210650

O Centro Cultural São Paulo (CCSP) apresenta dos dias 11 a 20 de outubro a mostra “Antes que proíbam”, reunindo filmes clássicos e contemporâneos que abordam o tema da pedofilia e do abuso sexual de crianças e adolescentes. Entre as obras selecionadas estão: “A adolescente”, de Luis Buñuel; “Lolita”, de Stanley Kubrick e “Que fiz eu para merecer isso”, de Pedro Almodóvar.

Durante a programação haverá um debate sobre a censura e o real estatuto da ficção no imaginário cultural do país. Os ingressos custam R$1,00 e a censura é 17 anos.

Tags: , , ,
2.942 leitura(s) - [ leia mais ]
10
out
2011

Programa Raízes Locais fortalece vínculos familiares em região violenta do Rio

Programa Raízes Locais - Fonte da imagem: www.terradoshomens.org.br

Elaborado com a participação da comunidade de 25 mil moradores de Mangueirinha, em Duque de Caxias, na baixada fluminense do Rio de Janeiro, o Programa Raízes Locais, da Associação Brasileira Terra dos Homens (www.terradoshomens.org.br), oferece atendimento psicológico e social para casos críticos de crianças em situação de rua e conta com apoio da Childhood Brasil.
As atividades promovidas visam o fortalecimento de vínculos familiares e proteção e garantia dos direitos infantojuvenis.
Os profissionais da ONG levam orientação aos pais sobre assuntos como planejamento e educação familiar; contribuem para que as famílias possam enfrentar as dificuldades e desenvolver estratégias de sobrevivência e melhoria da qualidade de vida de seus membros, além do incentivo à participação das famílias na solução de problemas locais em parceria com a comunidade. Continue lendo

Tags: , , , , , , , ,
1.904 leitura(s) - [ leia mais ]
7
out
2011

Associação Brasileira Terra dos Homens combate a violência e reestrutura famílias.

Logomarca Terra dos Homens

Vitória Lima (nome fictício), mãe de cinco filhos de quatro casamentos, hoje comemora cada desafio superado desde que passou a fazer parte do projeto da Associação Brasileira Terra dos Homens (www.terradoshomens.org.br), no centro do Rio de Janeiro. Não foi nada fácil deixar o tráfico de drogas, onde atuou por oito anos em favelas cariocas; largar os relacionamentos que tinha com homens do crime; nem superar a depressão, ao descobrir ser portadora do vírus HIV. Atualmente, ela é uma das colaboradoras da ONG, trabalha também como auxiliar de limpeza de um hospital e consegue dar mais atenção aos filhos que também freqüentam os projetos da Terra dos Homens.
Ela é moradora da comunidade Mangueirinha, zona fluminense de grande vulnerabilidade social, com cerca de 25 mil pessoas, localizada em Duque de Caxias. O trabalho da Associação Terra dos Homens nesta região é principalmente ajudar a retomar os vínculos familiares de crianças e adolescentes, investindo na valorização e no fortalecimento dos laços afetivos. Os profissionais atuam no local oferecendo acompanhamento psicológico, social e econômico. Continue lendo

Tags: , , , , , , , ,
2.452 leitura(s) - [ leia mais ]
5
out
2011

Nordeste e Sudeste têm maior número de denúncias no Disque 100

Logomarca Disque 100

Desde a sua criação, em maio de 2003, o Disque 100, serviço telefônico para comunicar casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes já realizou 2.856.996 atendimentos e encaminhou 182 mil denúncias de todo o país. No primeiro semestre de 2011, o maior número de denúncias veio da região Nordeste, com 37% dos atendimentos, seguida da região Sudeste, com 33%.

A coordenadora do Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Leila Paiva, explica que todos os casos são encaminhados e monitorados pelo Ministério Público: Continue lendo

Tags: , , , , ,
3.202 leitura(s) - [ leia mais ]
3
out
2011

Doações: como contribuir para disseminar a causa

A arquiteta Márcia Julião, sócia-diretora do escritório de arquitetura Ricardo Julião, já era uma mulher realizada pessoal e profissionalmente, mas, como cidadã consciente de seu papel na sociedade, sentia que precisava fazer algo além. “Não podemos fechar os olhos para os problemas sociais, ainda mais para crimes como a violência sexual, que comprometem o desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes.”

Há quatro anos, Márcia apoia os projetos da Childhood Brasil, tanto na pessoa física, como por meio da empresa. “O que mais me motiva é conhecer os resultados da instituição, mesmo que não esteja trabalhando diretamente na causa”, diz ela.

Certificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e Entidade Promotora dos Direitos Humanos, a Childhood Brasil é uma organização sem fins lucrativos que se mantém por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas. São pessoas como Márcia que fazem diferença ao contribuir com a Childhood, que, desde a sua fundação em 1999, investiu R$ 21 milhões em projetos e programas voltados para a proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, transformando milhares de vidas. Continue lendo

Tags: , , ,
1.564 leitura(s) - [ leia mais ]
26
set
2011

Projeto da Childhood Brasil capacita jovens pernambucanos em Gastronomia e Hotelaria

Créditos da foto: Luiz Carlos - Visão Eventos

“Antes eu me sentia inseguro, mas hoje sei que estou preparado e capaz de entrar no mercado de trabalho e seguir em frente”, diz Steven Jinny, de 17 anos, aluno formado no curso de auxiliar de cozinha no município de Abreu e Lima, em Recife.

No dia 8 de setembro, ele comemorou com outros 200 alunos a sua formatura no Projeto de Inclusão Social com Capacitação Profissional de Jovens em Situação de Vulnerabilidade Social, uma iniciativa da Childhood Brasil em parceria com o Senac e apoio do Ministério do Turismo. Os alunos tiveram aulas de garçom, auxiliar de cozinha e camareira e cerca de 30% deles já estão contratados em empresas da área de Turismo. Continue lendo

Tags: , , , , , , , , , , , , ,
2.693 leitura(s) - [ leia mais ]
As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso.